quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

COISAS DA TAM

No dia 14 de fevereiro, fiz uma viagem pela GOL Linhas Aéreas, no trecho Porto Alegre – Belém e paguei por 09 (nove) kg excedentes a quantia de R$ 98,00, ainda parcelado no cartão de crédito. Hoje, menos de quinze dias, o Felipe, meu filho viajou no mesmo trecho Belém – Porto Alegre e pasmem! A TAM me cobrou por 12 kg excedentes a bagatela de R$ 268,00, sem ser parcelado.
A dúvida cruel que ainda martela na minha cabeça é?
Será que não existe regulação neste País? Cada um cobra o que quer?
Como pagar uma disparidade de preços em companhias que operam no mesmo trecho, aviões semelhantes, passagens quase o mesmo preço, só diferenciando as promoções?
Será que a TAM considera o pessoal do norte um bando de Zé Mané?
Eu me senti ROUBADO na minha casa, por um ladrão safado que está vivendo a minhas custas, pois, o valor do kg cobrado pela TAM fica em torno de R$ 22,30, enquanto na GOL R$ 10,88. ISTO É UMA VERGONHA!
Essa tal de TAM, TARADOS ALOPRADOS E MAMADORES já havia me enganado em outra ocasião. Indo para Porto Alegre ano passado, a atendente me ofereceu uma poltrona mais confortável pelo acréscimo de R$ 30,00 no valor da passagem. Eu policial militar do Parazão unido de miséria e ganhando bem, aceitei e fiz o pagamento.
Quando embarquei, pensei que estava no programa do Silvio Santos participando do quadro pegadinha! A poltrona mais confortável e mais cara era aquela da saída de emergência, que eu ainda tinha que manusear em caso de acidente. Reclamei mais não teve jeito, tendo a comissária me falado que era culpa do pessoal de terra, pela sua educação sentei em outra poltrona e fui!!!
Entrei em contato com o SACO da TAM, não é SAC, é Serviço de Atendimento ao Cliente Otário e simplesmente não me devolveram a quantia roubada e ainda mandaram procurar os meus direitos.
O interessante de tudo é se eu comprar uma passagem no trecho Belém – Porto Alegre, dia 05/03, o valor será R$ 995,00 = 133 kg (110 kg - meu peso + 23 bagagem), o valor kg será R$ 7,48. Ainda posso burlar a TAM, levando uma mala superpesada como bagagem de mão, comer aquele lanche horrivel, mijar pelo banheiro todo, se não for outra coisa, ou seja encher o saco no avião, ainda o kg será mais barato. Será que é isso que eles querem? Agora eu já sei.
 Eu já estou achando que aquele soldado romano que espetou Jesus era eu, em outra encarnação.

29/02-DIA MUNDIAL DAS DOENÇAS RARAS

Celebrado no último dia do mês de fevereiro, o Dia Mundial de Doenças Raras tem como objetivo destacar a importância dos estudos sobre doenças que desafiam a medicina. Estima-se que 7% da população mundial sejam portadoras de algum tipo de síndrome considerada rara. No caso do Brasil, o total de pessoas afetadas deve superar os 13 milhões, no entanto ainda não existe um mapeamento oficial. Veja a seguir casos que surpreendem pela singularidade e superação.

Veja links relacionados:



FELIPE E A BATALHA ACADÊMICA

Hoje o FELIPE PANTOJA, filho do editor do Boca com a RINA PANTOJA  embarca rumo a Porto Alegre/RS, para mais uma gloriosa batalha acadêmica. Vai cursar mestrado em Administração ( marketing) na Universidade federal do Rio Grande do Sul, uma das 500 melhores universidade do mundo.
Os pais corujas pedem a Deus que dê muita saúde ao filhote, bem como, iluminação e sabedoria para que de maneira dedicada possa concluir o curso.
felipe
Roberta Miranda para o Felipão. " Vai com Deus"

É HORA DE CUIDARMOS DA NOSSA POLÍCIA.


DPC Aurélio sugere a leitura do texto abaixo...

A polícia indefesa
Qual o "produto" da polícia? Liberdade dentro da lei, segurança, enfim, a civilização.
A POLÍCIA é uma das classes que sofrem maior injustiça por parte da sociedade. Lançamos sobre ela a suspeita de ser um parente próximo dos bandidos. Isso é tão errado quanto julgar negros inferiores pela cor ou gays doentes pela sua orientação sexual.
Não, não estou negando todo tipo de mazela que afeta a polícia nem fazendo apologia da repressão como pensará o caro inteligentinho de plantão. Aliás, proponho que hoje ele vá brincar no parque, leve
preferivelmente um livro do fanático Foucault para a caixa de areia.
Partilho do mal-estar típico quando na presença de policiais devido ao monopólio legítimo da violência que eles possuem. Um sentimento de opressão marca nossa relação com a polícia. Mas aqui devemos ir além do senso comum.
Acompanhamos a agonia da Bahia e sua greve da Polícia Militar, que corre o risco de se alastrar por outros Estados. Sem dúvida, o governador da Bahia tem razão ao dizer que a liderança do movimento se excedeu. A polícia não pode agir dessa forma (fazer reféns, fechar o centro administrativo).
A lei diz que a PM é serviço público militar e, por isso, não pode fazer greve. O que está corretíssimo. Mas não vejo ninguém da "inteligência" ou dos setores organizados da sociedade civil se perguntar por que se reclama tanto dos maus salários dos professores (o que também é verdade) e não se reclama da mesma forma veemente dos maus salários da polícia. É como se tacitamente considerássemos a polícia menos "cidadã" do que nós outros.
Quando tem algum problema como esse da greve na Bahia, fala-se "mas o problema é que a polícia ganha mal", mas não vejo nenhum movimento de "repúdio" ao descaso com o qual se trata a classe policial entre nós.
Sempre tem alguém para defender drogados, bandidos e invasores da terra alheia, mas não aparece ninguém (nem os artistas da Bahia tampouco) para defender a polícia dos maus-tratos que recebe da sociedade.
A polícia é uma função tão nobre quanto médico e professor. Policial tem mulher, marido, filho, adoece como você e eu.
Não há sociedade civilizada sem a polícia. Ela guarda o sono, mantém a liberdade, assegura a Justiça dentro da lei, sustenta a democracia. Ignorante é todo aquele que pensa que a polícia seja inimiga da democracia.
Na realidade, ela pode ser mais amiga da democracia do que muita gente que diz amar a democracia, mas adora uma quebradeira e uma violência demagógica.
Sei bem que os inteligentinhos que não foram brincar no parque (são uns desobedientes) vão dizer que estou fazendo uma imagem idealizada da polícia. Não estou. Estou apenas dando uma explicação da função social da polícia na manutenção da democracia e da civilização.
Pena que as ciências humanas não se ocupem da polícia como objeto do "bem". Pelo contrário, reafirmam a ignorância e o preconceito que temos contra os policiais relacionando-a apenas com "aparelhos repressivos" e não com "aparelhos constitutivos" do convívio civilizado socialmente sustentável.
Há sim corrupção, mas a corrupção, além de ser um dado da natureza humana, é também fruto dos maus salários e do descaso social com relação à polícia, além da proximidade física e psicológica com o crime.
Se a polícia se corrompe (privatiza sua função de manutenção da ordem via "caixinhas") e professores, não, não é porque professores são incorruptíveis, mas simplesmente porque o "produto" que a polícia
entrega para a sociedade é mais concretamente e imediatamente urgente do que a educação.
Com isso não estou dizendo que a educação, minha área primeira de atuação, não seja urgente, mas a falta dela demora mais a ser sentida do que a da polícia, daí "paga-se caixinha para o policial", do contrário roubam sua padaria, sua loja, sua casa, sua escola, seu filho, sua mulher, sua vida.
Qual o "produto" da polícia? De novo: liberdade dentro da lei, segurança, a possibilidade de você andar na rua, trabalhar, ir ao cinema, jantar fora, dormir, não ser morto, viver em democracia, enfim, a civilização.
Defendem-se drogado, bandido, criminoso. É hora de cuidarmos da nossa polícia.

ponde.folha@uol.com.br - AMANHÃ NA ILUSTRADA: João Pereira Coutinho

ECONOMIA DO BRASIL ABAIXO DO QUE PODE CRESCER

 O Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou nesta terça-feira que a economia está crescendo abaixo do seu potencial e que esse cenário permite o afrouxamento da política monetária.
Ele disse ainda que o BC manterá o processo de acumulação de reservas internacionais, indicando que continuará atuando no mercado cambial. "Nos últimos três trimestres, incluindo este primeiro trimestre de 2012, o Brasil cresce abaixo do potencial", afirmou Tombini ao participar de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado e a uma semana da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). "Não é por outra razão que o Banco Central vem ajustando sua taxa de juros nesse período, em função do crescimento da economia abaixo do PIB potencial", complementou. Nos próximos dias 6 e 7, o Copom se reúne novamente para decidir sobre o futuro da Selic que, hoje, está em 10,50% ao ano. O BC já deixou claro que busca levar a taxa a um dígito e, assim, o mercado calcula que outro corte de 0,50 ponto percentual deve vir agora, que seria o quinto seguido nessa magnitude.
Ao comentar o ritmo de crescimento do país, o presidente do BC projetou que a economia avançará mais em 2012 em comparação a 2011 e que o dinamismo será maior no segundo semestre do que no primeiro semestre. 

Solução à greve passa por ampla reforma.

Especialistas avaliam que a motivação para as paralisações extrapola o período eleitoral e discutem as soluções

Patrícia Teixeira analisa que políticas favoráveis ao serviço público e alterações na legislação trabalhista são caminhos para evitar greves

Somente neste ano, a população cearense enfrentou dificuldades por conta da paralisação de diversas categorias de servidores públicos. Serviços básicos em educação, segurança e saúde, por exemplo, vem sendo interrompidos de forma mais frequente desde o ano passado, a níveis municipal, estadual e mesmo federal.
Especialistas cearenses avaliam que a motivação extrapola o momento eleitoral e apontam que as soluções passam por uma reforma ampla, envolvendo a legislação trabalhista e o modelo administrativo dos governos.
A cientista política Patrícia Teixeira, professora da Universidade de Fortaleza, afirma que tanto os governos quanto a sociedade são culpados pela grande incidência de greves ultimamente. Ela explica que os servidores públicos deveriam ter melhores salários e condições de trabalho e que é preciso encontrar meios de estimular um equilíbrio maior, com menos desigualdades entre servidores públicos e privados.
Pressão
Nesse sentido, ela acredita que as soluções devem passar por várias questões, como pressão maior aos governos para tomar medidas econômicas que favoreçam o funcionalismo público, além de alterações na legislação trabalhista e da intensificação de políticas com o objetivo de alcançar meios mais igualitários de trabalho.
No entanto, diz Patrícia Teixeira, um modelo de administração pública adequado para solucionar a questão das greves é algo muito abrangente e, embora vários estudiosos já tenham se debruçado sobre o tema, eles ainda não conseguiram definir um caminho ideal. “Acredito que é preciso uma reforma ampla. Agora a questão é: por onde se inicia essa reforma? A escassez nos recursos e no trabalho está ai, não consigo apontar ainda uma alternativa. Ainda não existe uma resposta, mas algumas sugestões”, afirma a professora.
Patrícia Teixeira afirma que os movimentos grevistas têm a sua importância, mas lembra que muitos integrantes se engajam com uma motivação mais política do que mesmo pela causa trabalhista. “E aí realmente quem sai como grande prejudicada é a sociedade”, admite.
Patrícia Teixeira salienta que as greves existem desde sempre e foram se convertendo em instrumentos de reivindicação política. Por outro lado, afirma, a eficácia dos movimentos depende da mobilização da sociedade.
“Os governos são responsáveis pelo problema, mas a sociedade também tem sua parcela de culpa por ser tão resignada. Não temos tanto a capacidade de reivindicar. Nos indignamos muito, mas não partimos para o confronto”, opina.
Insatisfação
Na avaliação da cientista política, os meios de comunicação tem favorecido bastante os movimentos grevistas, e a internet tem grande influencia nisso. “O fato de as pessoas terem mais acesso às notícias talvez seja um dos componentes dessa explosão. Mas também há insatisfação com a desigualdade nas condições de salário e de trabalho. Nas redes sociais, você vê o tempo todo a comparação entre salários de políticos e de servidores”.
Para Patrícia Teixeira, o fato de a sociedade estar mais conectada em rede tem contribuído, com o apoio em algumas das causas, para a incidência dos movimentos grevistas. “A gente sabe também que greves são ações coletivas e expressão do conflito e de lutas de classes na sociedade. Mas elas têm o fator político, foram mostradas nos jornais gravações de pessoas ligadas a partidos incitando a greve dando dicas de como categorias deveriam se mobilizar”, diz.
Razões
Já o professor de economia da Unifor e especialista em gestão pública, Mário Monteiro, acredita que as razões das greves que vem sendo deflagradas desde o ano passado são diferenciadas. “No caso da greve da policia, tem a PEC 300 que gerou uma expectativa sobre o piso salarial”, exemplifica o especialista.
De outro lado, afirma o professor, há um mercado de trabalho aquecido que gera a pressão por aumentos salariais para várias categorias. “Tem essa situação da economia, que traz uma percepção generalizada de que, no mercado de trabalho, é um momento favorável a ele (categoria)”, explica.
Expectativa
No âmbito federal, Mário Monteiro analisa que uma série de expectativas sobre a valorização dos trabalhadores públicos foi alimentada historicamente pelo partido que hoje está no governo. “Quando oposição, os atuais governantes inflaram a expectativa dos servidores públicos. Depois viram que tinha a responsabilidade fiscal. E aí essas expectativas, junto com mercado de trabalho aquecido, gera o momento adequado pra pressão e as greves”, avalia.
Questionado se falta um projeto administrativo dos governos que priorize mais os direitos da sociedade, maior prejudicada pela deflagração de greves, o professor Mário Monteiro diz que o que pode ser observado, do é que há um aparelhamento do executivo que leva à perda da racionalidade econômica.
Subordinado
“E aí deixa de ter um projeto. O setor público fica subordinado a agendas político-partidárias. Perde-se a consistência da gestão e da maquina pública. É óbvio que tem consequências nada favoráveis. Não podemos esquecer que o que esta acontecendo vem também da sociedade porque seus governantes foram eleitos por ela”, acrescenta.
Dessa forma, Monteiro diz que a sociedade não está sendo enganada. Por outro lado, para minimizar os prejuízos à população, ele defende que é preciso regulamentar o direito de greve do setor público. “Outro aspecto passa pela sociedade, que precisa ter maior consciência”, diz.
Do ponto de vista econômico, o professor Mário Monteiro afirma que há uma necessidade para melhorar o marco regulatório do setor público.
“E nisso entra o direito de greve, além de estabelecer uma política clara e definida de remuneração no setor público, eliminando ou pelo menos reduzindo determinadas condutas que causam perda de eficiência”, argumenta. Porém, ele acredita que essas são soluções pontuais e que cabe sempre à população cobrar ações dos políticos que elegem.
Neste ano, pelo menos 11 categorias de servidores públicos realizaram movimentos grevistas no Ceará. Delas, pelo menos cinco realizaram paralisações: Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, AMC e agentes de saúde e endemias de Fortaleza. Outros intensificaram as manifestações e fizeram ameaças de greve, como servidores do Samu, da Guarda Municipal, do IJF, além de agentes penitenciários e de servidores do Judiciário e do Sistema de Verificação de Óbitos.


FONTE: http://policialbr.com/profiles/blogs/ce-solucao-a-greve-passa-por-ampla-reforma?xg_source=msg_mes_network#ixzz1nd5XE1nq
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/legalcode
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

A MÃO QUE AFAGA É A MESMA QUE APEDREJA.

A lei do piso do magistério, que Tarso Genro repele, foi assinada pelo próprio Tarso em 2008

A lei federal que criou o piso nacional do magistério, que o governador Tarso Genro diz agora que não vai cumprir, a lei 11.738, foi assinada pelo próprio Tarso Genro no dia 16 de julho de 2008.
Para ler a lei federal e examinar a lista de signatários, acesse o site:
Blog diz: É muita cara de pau desses políticos que pra se eleger oferecem mundos e fundos. Depois de eleitos viram o "cavalo do cão".
FORA POLÍTICOS FISIOLÓGICOS!

POR QUE O CIDADÃO TEM QUE SOFRER?

Praticamente em todos os municípios brasileiros, nota-se a incapacidade dos prefeitos na gestão das cidades que sofrem com problemas antigos, indo desde enchentes, falta de saneamento, transportes públicos deficitários, insegurança, educação, caos no trânsito e outras mazelas que os prefeitos não conseguem solucionar. O caso fica mais grave nas capitais que serão sedes da copa do mundo, onde o aporte financeiro é grande e a inoperância é maior.
Isso é todo dia na cidade maravilhosa.

APRENDENDO HISTÓRIA.

Rina Pantoja sugere a visita....

Faça uma visita virtual no Museu do Mar.

http://www.eravirtual.org/mar_br_1/

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

NOVA TABELA DE VENCIMENTO DA PMCE.

NOVA TABELA DE VENCIMENTO DA PMCE


Lei nº 15.098, de 30 de dezembro de 2011, no percentual 7%, com vigência a partir de janeiro de 2012, publicada no Diário Oficial do Estado de 30 de dezembro de 2011, páginas 03 a 09 do caderno 04. A GDM foi criada pela Lei. 15.114 de 16/02/2012, Diário Oficial do Estado de 17/02/2012.

FONTE: ACSME 27.02.2012


FONTE:http://policialbr.com/profiles/blogs/nova-tabela-de-vencimento-da-pmce?xg_source=msg_mes_network#ixzz1ncrQKhE3
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/legalcode
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

A FORÇA DA UNIÃO 2

http://www.youtube.com/v/gBnvGS4u3F0?hl=en&fs=1&autoplay=1

DÊ SUA OPINIÃO SOBRE O ATUAL MODELO SE SEGURANÇA PÚBLICA.

É preciso desmilitarizar a PM e criar novo modelo de segurança pública?

As recentes greves de policiais militares, especialmente no Ceará e na Bahia, com grande repercussão nacional, colocaram em xeque o modelo de segurança pública no Brasil


Quanto a um novo modelo de segurança pública é inquestionável, e urgente, a necessidade de profundas mudanças. O modelo vigente mostra-se extremamente falho. Com relação à questão da desmilitarização, cabe, antes, algumas considerações, quanto ao conceito do que seria militar e militarizado. No Brasil, a Polícia se torna militar por ser força auxiliar e reserva do Exército. Nesse modelo, é submetida a regulamentos e leis que regem as Forças Armadas. Já em um modelo militarizado, seus integrantes usam uniformes, têm uma rígida disciplina e seguem todos os ritos militares. No entanto, adotam leis e regimentos próprios. Por exemplo, os alunos dos colégios militares, guardas municipais, dentre outros. Nesse modelo, além da Polícia deixar de ser militar, muda a sua perspectiva de atuação. Torna-se mais humana e voltada à proteção do cidadão. Feita essa diferenciação, sou favorável a uma polícia estadual unificada e militarizada (mas não militar).

PLAUTO DE LIMA 
Oficial da Polícia e diretor do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II)
É tarefa urgente do Estado brasileiro reformular a instituição policial no País. O atual modelo vem sendo alvo de mudanças contínuas, como criação de corregedorias mais atuantes, unificação de comando e fortalecimento da participação social, criação de Conselhos Comunitários de Desenvolvimento Social, a exemplo do Ceará, entre outras medidas. Porém, estas não resultam em mudanças estruturais que o processo de democratização da sociedade exige e que as polícias necessitam para assumirem papel almejado coletivamente. É necessária uma ação radical: destituir as polícias, tal como funcionam atualmente, e criar outra polícia, única, totalmente desmilitarizada, sob o significado de uma Polícia de Estado, de base comunitária, ainda que com atribuições e saberes específicos, e que integrem um mesmo corpus institucional visando à execução de uma política pública cidadã e transparente.

GEOVANI JACÓ
Professor da Uece, pesquisador do Lab. de Estudos da Conflitualidade e Violência e membro do Conselho de Leitores do O POVO
A segurança pública pelo mundo tem demonstrado que a população não pode ser tratada como inimigo de guerra. O treinamento e o tratamento militares são baseados em confrontos por soberania onde quem está do lado oposto é inimigo. O militar estadual deve ser treinado pra combater o crime, mas sempre lembrando que quem está do lado oposto é um cidadão e na exceção será um bandido. O militarismo que é utilizado nos quartéis da forças militares estaduais tem sido utilizado como forma de reprimir pensamentos, ideias e projetos inovadores de novos modelos de segurança. Nos quartéis temos soldados com nível superior, mestrado e até doutorado, mas o estatuto diz que cabos e soldados devem ser meros executores. Os exemplos de polícias de sucesso têm mostrado que uma polícia desmilitarizada, mas ostensiva, é muito mais eficiente.

CAPITÃO WAGNER
Presidente da Associação dos Profissionais de Segurança Pública do Estado do Ceará
A segurança pública foi a única área que praticamente não passou por reformas após a Constituição de 1988. Alguns “remendos” foram tentados e testados, mas os resultados foram e são insignificantes. Mais do que desmilitarização, é preciso falar em desconstitucionalização. Esta é uma condição necessária para que se inicie um ciclo virtuoso entre as exigências dos indivíduos e grupos por segurança e as instituições responsáveis pela ordem e pela liberdade. Na maioria dos estados democráticos, as atividades de policiamento são uma atividade civil, sendo o militarismo exclusivo das Forças de Segurança Nacional. Este é o caminho a ser seguido no atual estágio de desenvolvimento do Brasil. A construção de um serviço de segurança pública eficaz e eficiente depende da autonomia dos Estados para implantarem soluções inovadoras num ambiente complexo e refratário às mudanças. 

ÉLCIO BATISTA
Secretário Executivo da Academia Estadual de Segurança Pública do Estado do Ceará
Não vejo a polícia militarizada atualmente, vez que, como militar, não tem uma obediência cega e indiscutível em relação a um comando único. Para que haja um novo modelo de segurança é necessário que o policial receba formação humanística periodicamente, seja assistido e orientado para não cometer arbitrariedades, receba salário digno e tenha apoio e respaldo de todos os setores, principalmente do Poder Judiciário, para sentirem-se seguros, já que muitos policiais militares queixam-se que prendem um contraventor pela manhã e à tarde ele já está solto ameaçando e afrontando quem o prendeu. Isso é um desrespeito ao policial que corre riscos de morte ao desenvolver seu trabalho, e as consequências dos riscos têm reflexo negativo no comportamento do policial e na percepção de seu trabalho pela sociedade.

ONEIDE BRAGA
Fundadora da Associação de Parentes e Amigos de Vítimas de Violência
Claro que sim! Enquanto o Estado brasileiro estiver fazendo polícia ostensiva estadual militarizada, não haverá mudanças na segurança pública. Haveria se todos os governadores estaduais se desnudassem de suas vaidades pessoais e passassem a tratar os militares estaduais como trabalhadores à semelhança de qualquer outro, com direitos trabalhistas e respeito à dignidade humana destes profissionais. Qual o governador que quer perder essa força armada e repressora de fatos políticos contrária a sua administração incoerente? Qual o governador que quer abrir mão de uma força que confunde hierarquia e disciplina com autoritarismo, que pratica a exploração de mão de obra barata sob grilhões ditatoriais? Os estados consumem 80% do orçamento do Ministério da Justiça com material bélico: viaturas, coletes, armamento e outros. E o homem, o instrumento mais importante nesse sistema?




Fonte: O Povo - 27.02.2012

FONTE: http://policialbr.com/profiles/blogs/preciso-desmilitarizar-a-pm-e-criar-novo-modelo-de-seguran-a-p?xg_source=msg_mes_network#ixzz1ncyK3pqM
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/legalcode
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

O que é tosse?


A tosse é um movimento de ar violento e repentino. Ela serve para limpar as vias respiratórias expulsando os resíduos e a mucosidade que entopem os canais. A cor do escarro pode determinar o tipo de problema: amarelada ou esverdeada indica uma infecção bacteriana, transparente ou branca é sinal de alergia ou irritação. Tosse com presença de sangue indica que é hora de ir ao médico para avaliar um problema mais sério.

GERAÇÃO 60 - UMA GERAÇÃO MENTIROSA E TRAIDORA

Ten Cel R/R Godinho manda o texto escrito por JB Xavier que comenta toda sua frustração com sua geração.

Começo exaltando as exceções do título deste artigo. São poucas, mas existem. A elas o meu respeito.
O fato é que estou cansado. Cansado e desanimado. Muito desanimado. Já não sei mais o que dizer aos meus filhos. Eles estão na casa dos 30 anos. Eu? tenho quase sessenta. Eles sempre me admiraram, e à minha geração, pelo que ela significou para as mudanças ocorridas no Brasil. E o que ela significou realmente?
Eis uma pergunta que me faço há pelo menos uns 20 anos, tão logo comecei a me sentir traído por ela! Por me sentir assim, escrevi o artigo.
JB Xavier
Blog diz: Como o texto é extenso, postamos na página "História de Vida", do Boca de Jambú, o qual sugerimos a leitura.

MINAS GERAIS: UTILIDADE PÚBLICA - PESSOA DESAPARECIDA.


SEGUNDO INFORMAÇÕES PAOLA E CARLOS, ESTARIAM NAMORANDO SEM O CONSENTIMENTO DOS PAIS DA GAROTA, POIS SEGUNDO INFORMAÇÕES CARLOS SERIA USUÁRIO DE DROGAS. DO FATO GEROU UM ATRITO ENTRE O SOLICITANTE E SUA FILHA QUE PODE TER MOTIVADO A SAÍDA DE CASA. EM CONTATO NA RODOVIÁRIA DE BARBACENA/MG, DETECTOU-SE QUE AMBOS EMBARCARAM EM UM ÔNIBUS COM DESTINO A BELO HORIZONTE COM SAÍDA DESCRITA PARA AS 191300FEV12, DA EMPRESA UTIL, COM DESTINO DIRETO SEM PARADAS PARA BELO HORIZONTE. FORAM REALIZADOS DIVERSAS TENTATIVAS DE CONTATO COM O CELULAR DE PAOLA, PORÉM, ESTE SE ENCONTRA DESLIGADO. NÃO FOI DETECTADO O DESTINO DOS MESMOS EM BELO HORIZONTE, UMA VEZ QUE O CASAL NÃO TERIA PARA ONDE IR NAQUELA CIDADE, PELO QUE PODEM TER SE DESLOCADO DE BELO HORIZONTE PARA OUTRA CIDADE DO ESTADO. PEDE-SE A ESPECIAL ATENÇÃO DA DINT, NO QUE TANGE A POSSIBILIDADE DE SE VERIFICAR SE DE BELO HORIZONTE O CASAL DESLOCOU PARA OUTRO DESTINO, SENDO QUE AS CIDADES COM CARNAVAIS BASTANTE CONHECIDOS, COMO OURO PRETO E SABARÁ, TAMBÉM PODERÃO SER DESTINO DO CASAL. QUALQUER INFORMAÇÃO (32) 3052-1052 9COPOM/9ºBPM).


FONTE:http://policialbr.com/profiles/blogs/utilidade-p-blica-pessoa-desaparecida?xg_source=msg_mes_network#ixzz1ndKVOiWZ
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/legalcode
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

CONCURSOS - INSCRIÇÕES ABERTAS

122 concursos têm inscrições abertas para 27 mil vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade.

Veja no site do G1.

Como a ostra faz a pérola?


A pérola resulta de um sistema de defesa da ostra contra invasores. Parasitas que se alojam no mantro da ostra, ou  mesmo um grão de areia, são atacados por uma substância composta de aragonita (um tipo de calcário), uma outra substância orgânica igual a da concha externa e água. Essa mistura é chamada de nácar e cristaliza em camadas em cima do intruso.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

CAMETÁ CAMPEÃO DO 1º TURNO

O tradicional carnaval de Cametá ganhou um novo bloco: “Os campeões”. A cidade está em festa para comemorar a conquista do título inédito do primeiro turno do Campeonato Paraense 2012.

Fonte: Diário online

 

NÃO RECLAME DA SUA GARAGEM.

Joyce de Porto Alegre manda o video...

video

OS FRACASSADOS RE X PA

Christian do Centro de Gestão Desportiva da UFPa...
 
Elaborou alguns comentários, como contribuição institucional, sobre implicações e variadas formas de prejuízos que representam para o mercado esportivo paraense, a partir dos repetidos resultados negativos registrados por Clube do Remo e Paysandu Sport Club nos campeonatos de futebol profissional dos últimos anos.

Blog diz: que o texto elaborado pelo Christian do Centro de Gestão Desportiva da UFPa, encontra-se postado na página FALANDO DE NEGÓCIOS, do blog Boca de Jambú.

OSCAR 2012

RIO DE JANEIRO - Na noite em que os brasileiros foram preteridos mais uma vez na maior premiação do cinema mundial, os franceses fizeram a festa ao ver os membros da Academia entregar os principais troféus do Oscar 2012 ao longa “O Artista”, na noite de domingo (26), em Los Angeles, Estados Unidos.
Em meio a tanta tecnologia, o projeto dirigido por Michel Hazanavicius fez valer a história de que menos é mais e a produção muda e preto e branca foi saudada como uma homenagem ao jeito antigo de se fazer cinema justamente no ano que o antigo Kodak Theatre passou a se chamar Hollywood and Highland Center devido a falência da empresa que revolucionou a fotografia.
O filme franco-belgo foi o grande vencedor do Oscar 2012. Indicado em 10 categorias, “O Artista” levou os prêmios de Melhor Filme, Diretor, Ator, Figurino e Trilha Sonoral Original. O francês Jean Dujardin bateu nomes badalados como George Clooney e Brad Pitt.
Já Martin Scorsese levou para casa todos os prêmios técnicos com a aventura 3D “A Invenção de Hugo Cabret”: Fotografia, Direção de Arte, Edição de Som, Mixagem e Efeitos Visuais.
Quase 30 anos depois, a Academia finalmente resolveu entregar o prêmio de Melhor Atriz para a merecidíssima Meryl Streep. Nas últimas três décadas, a estrela foi indicada 12 vezes à estatueta. No total, são 17 indicações. O prêmio por sua atuação no longa “A Dama de Ferro” é o segundo de sua carreira na categoria.


O momento mais emocionante da noite foi quando Octavia Spencer recebeu das mãos de Christian Bale o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por seu trabalho em "Histórias Cruzadas". Aos prantos, ela agradeceu sua família e foi aplaudida de pé pelos astros de Hollywood.
Aos 82 anos, Christopher Plummer é a prova viva de que quem acredita sempre alcança. O veterano, eleito Melhor Ator Coadjuvante, se tornou a pessoa mais velha a ganhar um Oscar. “Em décadas de carreira, eu fiz e refiz meu discurso para esse dia milhões de vezes. Mas esse papel já não existe mais porque não esperava que esse dia fosse demorar tanto para chegar. Ainda bem que chegou”, brincou.
Woody Allen, que mais uma vez faltou a cerimônia, recebeu a estatueta de Melhor Roteiro Original por conta de “Meia Noite em Paris”. Foi a terceira vitória do cineasta na categoria.
Já os brasileiros voltaram para casa com as mãos vazias novamente. Sergio Mendes e Carlinhos Brown, compositores da música “Real in Rio” de “Rio”, perderam o Oscar para "Man or Muppet", do longa "Os Muppets".
Confira abaixo os vencedores do Oscar 2012:
Melhor Filme: "O Artista"
Melhor Diretor: Michel Hazanavicius - "O Artista"
Melhor Ator: Jean Dujardin - "O Artista"
Melhor Atriz: Meryl Streep - "A Dama de Ferro"
Melhor Ator Coadjuvante: Christopher Plummer - "Toda Forma de Amor"
Melhor Atriz Coadjuvante: Octavia Spencer - "Histórias Cruzadas"
Melhor Filme Estrangeiro: "A Separação" - Irã
Melhor Animação: "Rango"
Melhor Documentário (longa-metragem): "Undefeated"
Melhor Roteiro Adaptado: "Os Descendentes"
Melhor Roteiro Original: "Meia-noite em Paris"
Melhor Fotografia: "A Invenção de Hugo Cabret"
Melhor Direção de Arte: "A Invenção de Hugo Cabret"
Melhor Figurino: "O Artista"
Melhor Maquiagem: "A Dama de Ferro"
Melhor Edição: "Os homens que não amavam as mulheres"
Melhor Edição de Som: "A Invenção de Hugo Cabret"
Melhor Mixagem de Som: "A Invenção de Hugo Cabret"
Melhor Efeitos Visuais: "A Invenção de Hugo Cabret"
Melhor Trilha Sonora Original: "O Artista"
Melhor Canção Original: "Man or Muppet" - "Os Muppets"
Melhor Curta-metragem: "The Shore"
Melhor Documentário (curta-metragem): "Saving Face"
Melhor Curta-metragem de Animação: "The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore"

http://entretenimento.br.msn.com/especiais/oscar-2012/galeria-de-fotos.aspx?cp-documentid=32615457

POLÍTICOS VALIOSOS

video

A FORÇA DA UNIÃO 3

http://www.youtube.com/v/mgCIKGIYJ1A?hl=en&fs=1&autoplay=1

AS DEZ CIDADES MAIS POLUÍDAS DO MUNDO

A consultoria Mercer elabora anualmente um relatório a respeito da qualidade de vida em 221 cidades diferentes. Entre os vários itens levados em consideração está a situação do meio ambiente.
Dentro da avaliação são levados em conta a oferta de água doce, o volume de água potável, as medidas para remoção de resíduos, a condição dos esgotos,a poluição do ar e o nível dos congestionamentos.


Confira a seguir o ranking das cidades mais poluídas do mundo, com fotos e videos!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

DEMUTRAN ANANINDEUA

Maria Augusta Suliano Simonettipublicou em manda a reclamação...
ATENÇÃO AUTORIDADES , O DEMUTRAN ESTÁ GUINCHANDO E MULTANDO IRREGULARMENTE TODOS OS CARROS QUE ESTÃO PARADOS EM FRENTE AO ASLAN DA CIDADE NOVA, POIS SÓ TEM UMA SINALIZAÇÃO HORIZONTAL APAGADA E NADA DE PLACAS DE REGULAMENTAÇÃO. ESSA SINALIZAÇÃO HORIZONTAL TEM A FUNÇÃO DE COMPLEMENTAR AOS SINAIS DE REGULAMENTAÇÃO (PLACAS). ALGUÉM MAIS TEM ESSA MESMA RECLAMAÇÃO, VAMOS PÔR A BOCA NO TROMBONE, NADA DE FICARMOS CALADOS.
SUGESTÃO PRO BOCA DE JAMBÚ.
Blog diz:
Sua reclamação foi postada no domingo dia 26/02, às 22h. E DEMUTRAN E CTBEL precisam melhorar muito o atendimento a sociedade, chega de mirar só no lucro da arrecadação.

MORTE DO SD WESELEY

Companheiros o corpo do sd Weseley está sendo levado para a cidade de jatair no Goiás. onde mora os seus familiares. Isso mostra que os bandidos. de marabá estão ficando mais audaciosos, temos que dá um basta nisso. O 4° Bpm está de luto.

Câncer, literatura e amizade verdadeira


Aqui está a história mais bonita de amizade que vi em tempos.
Nachu tem câncer terminal, e pode morrer até junho (calma, não é uma história triste). E o autor preferido de Nachu chama-se Harry Turtledove, famoso por suas séries de livros de história modificada.
Perguntado sobre o que gostaria de fazer antes de morrer, uma das respostas de Nachu foi “terminar de ler a série The War That Came Early (“A Guerra que Chegou Mais Cedo”)”, de Turtledove, uma visão alterada da Segunda Guerra Mundial. O problema é que os dois últimos livros da série ainda estavam na primeira versão do autor, direto do manuscrito, e só seriam todas lançadas em um ano, no mínimo.
Um amigo de Nachu resolveu agir e fez uma pergunta no site Reedit, sobre como seria possível conseguir as cópias antes, para que o amigo pudesse lê-las. O pedido continha uma carta com o apelo ao autor. Tudo em inglês.
Resultado visto acima: Com a permissão de Harry Turtledove, a editora do autor, Del Rey Books, enviou uma cópia de avaliação da próxima história da série, a ser lançada em julho apenas, e em apenas um dia. Amigo, autor, editora, turma do Reedit… eis uma lição de vida coletiva.

http://colunas.revistaepoca.globo.com/bombounaweb/2012/02/25/cancer-literatura-e-amizade-verdadeira/




 

CONCURSOS

Na segunda-feira, os órgãos que abrem inscrições para 1.610 vagas são os seguintes: Caixa Econômica Federal, Câmara de Resende (RJ), Empresa Municipal de Urbanismo de São José do Rio Preto (SP), Fundação Cultural de Varginha (MG), Fundação Universitária de Taubaté (SP), Indústrias Nucleares do Brasil, Prefeitura de Açailândia (MA), Prefeitura de Embu das Artes (SP), Prefeitura de Itinga (MG), Prefeitura de Lajinha (MG), Prefeitura de Paraisópolis (MG), Prefeitura de Salinas (MG) e Prefeitura de Taboão da Serra (SP). 
Na terça-feira, as Prefeituras do Araguaína (TO), do Rio de Janeiro e de Uberlândia (MG) abrem inscrições para 2.696 vagas.

Caixa Econômica Federal
A Caixa Econômica Federal abriu concursos para cadastro de reserva para os cargos de técnico bancário novo, advogado, arquiteto e engenheiro agrônomo, civil, elétrico e mecânico. Os concursos são para todo o país.
O candidato deverá optar por um polo, que estará automaticamente vinculado ao macropolo correspondente, para fins de classificação e convocação, e à cidade de realização das provas, conforme Anexo II. O provimento das vagas estará sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades da Caixa.
O salário para técnico bancário novo é de R$ 1.744 para jornada de trabalho de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais. O candidato deve ter nível médio.

AS FESTAS DO GOVERNO FEDERAL CRESCEU 314% EM 05 ANOS.

RIO - Nem a queda de sete ministros por suspeitas de corrupção, muito menos os cortes orçamentários e a estagnação de programas carros-chefes do governo como o PAC e o Minha Casa, Minha Vida atrapalharam o governo federal de bancar festividades oficiais e homenagens ao longo de 2011, quando os gastos em comemorações atingiram R$ 54,2 milhões, 19,5% a mais do que no ano anterior (R$ 45,4 milhões). Se levarmos em conta os dispêndios para esse tipo de evento nos últimos cinco anos o crescimento é de 314%.

Blog diz:
Governo interessante! Gasta pra dedeu e não quer votar a PEC 300.
Político pode tudo e policial pode nada.
Governos estaduais mandam prender policias grevistas, enquanto isso, o governo federal sustenta o assassino Cesare Batisti.
Pessoas do governo pegaram armas, assaltaram, mataram pra subverter a ordem foram anistiados e hoje querem se vingar de todos os militares!
É MOLE OU QUER MAIS.
FORA POLÍTICO FISIOLÓGICO E CARA DE PAU!

DOIS MORTOS NA BASE BRASILEIRA NA ANTÁRTICA.

O material a seguir foi postado em Montevidéu. Você pode examinar outras fotos dos eventos neste site chileno:
 http://www.informadorchile.com/2012/02/fotos-exclusivas-fallecidos-deja.html


Na manhã de sábado 25 de fevereiro de 2012, houve um grave incêndio na Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) do Brasil localizado na Baía do Almirantado na Ilha Rei George, localizada a cerca de 25 quilômetros da Base de Dados de Artigas Uruguai.
Imediatamente alertado sobre o incidente, foi posto em prática um plano de evacuação com helicópteros Frei do Chile, extraindo a equipe EACF.
No momento da emissão deste comunicado, morreram dois membros do grupo de base EACF e evacuou a maioria do pessoal de que a estação, em um avião para a Argentina Força Aérea, operando na área.


O ministro da Defesa, Celso Amorim, confirmou hoje (25) a morte dos dois militares brasileiros que haviam desaparecido durante incêndio na Estação Comandante Ferraz, na Antártica. O suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e sargento Roberto Lopes dos Santos, ambos da Marinha. Eles participavam do grupo de apoio que tentava apagar o incêndio originado na casa de máquinas da base.

CONFUSÃO NO VELÓRIO.

Augusto Simões manda a anedota...

Eram dois pescadores gêmeos.
Um casado e o outro solteiro.
 O solteiro tinha uma lancha de pesca já velha, mas era de onde tirava seu sustento.
Um dia, a mulher do casado morre.
E como uma desgraça nunca vem só, a lancha do irmão solteiro afunda-se no mesmo dia.
Uma senhora, dessas velhotas curiosas e fofoqueiras, soube da morte da mulher e resolve dar os pêsames ao viúvo, mas confunde os irmãos e acaba por se dirigir ao irmão que perdeu a lancha.
- Eu só soube agora. Que perda enorme. Deve ser terrível para você.
O solteiro, sem entender bem, explicou:
- Pois é. Eu estou arrasado. Mas é preciso ser forte e enfrentar a realidade. De qualquer modo, ela já estava muito velha. Tinha o traseiro todo arrebentado, fedia a peixe e vazava água como nunca vi. É verdade que ela tinha uma grande racha na frente e um buraco atrás que, cada vez que eu usava, ficava maior. Mas eu acho que o que ela não aguentou foi que eu a emprestava a quatro amigos que se divertiam com ela. Eu sempre lhes disse para eles irem com calma, mas desta vez foram os quatro juntos e isso foi demais para ela...
A velha desmaiou!

Blog diz: Hahahahahahaha!

A FORÇA DA UNIÃO

http://www.youtube.com/v/LuVPnW0s3Vo?hl=en&fs=1&autoplay=1

ALESSANDRO NOVELINO

O Boca de Jambú se solidariza com a família Novelino pela perda inesperada do Deputado Alessandro Novelino e pede a Deus que guarde esse irmão que partiu e console essa família que vem sofrendo muitas tragédias.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

CADE A AUTORIZAÇÃO JUDICIAL? PERGUNTA O DEP. GAROTINHO.

Até agora permanece o mistério. Ninguém mostra a tão falada autorização judicial para os grampos telefônicos divulgados pela TV Globo durante a greve dos policiais e bombeiros, onde numa delas eu apareço perguntando apenas ao cabo Daciolo, qual a disposição da tropa para a greve e falando das articulações políticas para aprovar a PEC 300, que de forma absurda e ridícula, uma parte da mídia alardeou que seria incitamento. Mas isso é uma coisa, faz parte do jogo político sujo de Cabral.
Outra coisa é a autorização judicial. Ao que me conste no Brasil não existem decisões judiciais secretas. Se houve autorização judicial para os grampos algum juiz decidiu e assinou um ofício. Pois, bem quem deu a autorização? Por que continuam fugindo e não mostram a alardeada decisão judicial? Sim, porque para tanto esconderem, em Brasília, todos acreditam que não houve nenhuma autorização da Justiça e que os grampos foram ilegais, o que torna o caso ainda mais grave, afinal eu sou um deputado federal.
Eu vou até ao fim nessa história. Por esse motivo enviei ontem um ofício ao governador da Bahia, Jaques Wagner para que ele informe quem deu a autorização para a polícia baiana fazer a interceptação telefônica.

 

Campanha de vacinação anti-rábica – sábado 25/02

O  Fred convida para Campanha de vacinação...

O Ministério da Saúde informa que neste sábado, dia 25/02/2012, estará com a campanha de vacinação de GATOS E CÃES, no horário de 08 às 17h. A abertura da campanha será na Praça da República.


Em Belém, a vacinação é realizada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).
A vacinação acontecerá também em outras praças, escolas, centros comunitários, unidades de saúde, clínicas e pet shops.
A Raiva, doença 100% letal, transmitida ao homem e animais pela saliva e secreções de mamíferos infectados, ainda constitui um grave problema de Saúde Pública. Um surto de raiva humana matou mais de 36 pessoas nos municípios de Portel, Viseu e Augusto Correa, nos anos de 2003 e 2004.

PORTANTO, VACINE SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO.

Governos e PM voltam a se enfrentar por causa da PEC 300.

A matéria prevê a criação de piso nacional para PMs e bombeiros. Governadores se articulam para barrar o trâmite; militares prometem reagir

Líder do PDT na Câmara, o deputado federal André Figueiredo se diz favorável à PEC 300

Engana-se quem pensa que o recesso de Carnaval esfriou a tensão entre governadores e policiais de todo o País. A partir do início de março, ambas as partes voltam a intensificar a mobilização, desta vez com foco na tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300, que prevê a criação de um piso nacional unificado para a PM. Chefes de Executivos estaduais trabalham para convencer as bancadas no Congresso Nacional a barrar – ou, pelo menos, retardar - o andamento da PEC. Em outra frente, os militares prometem reação.
Antes do Carnaval, durante a posse de Graça Foster na presidência da Petrobras, pelo menos oito governadores – incluindo o do Ceará, Cid Gomes (PSB) – teriam feito um apelo ao presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, para não incluir a PEC na pauta de votações. Em entrevista ao portal Terra, Cid chegou a dizer que “A PEC 300 nasce de uma premissa absurda. Como o Piauí vai conseguir pagar a realidade de Estados mais ricos?”.
Segundo o deputado federal e líder do PDT na Câmara André Figueiredo (CE), a expectativa é que, logo na primeira quinzena de março, Marco Maia se reúna com os governadores para tentar chegar a um acordo sobre a PEC. “Isso precisa ser discutido. Eu sou a favor da PEC, mas é preciso que ela não gere nenhuma situação difícil para os estados”, ponderou Figueiredo.
Contraponto
Representantes de PMs e bombeiros dizem acompanhar as articulações e, de acordo com o presidente da Associação Nacional de Entidades Representativas de Praças Militares Estaduais (Anaspra), Pedro Queiroz, o início de março também será de mobilização. Ele não fez ameaça de possíveis novas greves, mas disse que os estados são autônomos para decidir. “Não vamos orquestrar essa situação”, adiantou.
Pedro Queiroz disse que pretende convocar a diretoria nacional da Anaspra, em Brasília, para elaborar um calendário de atividades que devem incluir manifestações e caminhadas.
ENTENDA A NOTÍCIA
O debate sobre a PEC 300 surge em um contexto conflituoso entre governadores e militares, que lançaram mão de várias paralisações, Brasil a fora, por melhores condições de trabalho. As greves foram consideradas inconstitucionais.

QUER DAR O FORA EM ALGUÉM?

O que dizer quando você quer dar o fora em alguém!


Veja algumas dicas sobre como fazer para se livrar de um grude que já não curte mais.
Você estava à toa na balada e rolou: ficou com alguém. Tudo lindo até o dia seguinte, quando você descobre que a pessoa já vasculhou a sua vida online e sabe até o nome do seu cachorro. Pronto, começaram os problemas. A criatura está a fim, mas você, nem tanto. E aí, como dispensar? Você tem duas alternativas: ou deixa acontecer naturalmente – como canta o Grupo Revelação -, ou arma uma estratégia para ficar claro que você não quer saber de compromisso. Confira algumas dicas para se livrar desse grude.
IgnoreFaça a egípcia e finja que não é com você. Não responda emails, bloqueie no Facebook, não atenda ao telefone e, se encontrar a figura na rua atravesse para evitar contato. Se não houver ninguém com quem falar, a ideia é que o interessado se canse de conversar com um avatar fantasma e desista.
Ponto negativo: se você ficou com uma pessoa insistente como o burrinho do Shrek, ignorar não basta. Mas daí a culpa é sua, por atrair criaturas verborrágicas e desagradáveis. Escolha melhor da próxima vez.
SumaNão precisa fazer como o Belchior e desaparecer por meses, mas tente sumir por um tempo. Tire umas férias das redes sociais, deixe de circular por aí, aprenda a curtir uns bons drinks em casa. Talvez essa atitude faça o enamorado (a) esquecer que um dia você existiu. 
Ponto negativo: Se o (a) ficante for realmente persistente, mesmo depois de um bom tempo, ainda vai procurar você. Solução: dê uma chance para o menino (a). Se ele (ela) esperou um tanto tempo, quem sabe não rola algo? 
MaltrateLiberte a Tereza Cristina que há em você e maltrate um pouquinho. Seja frio no Facebook, por exemplo. Quando o stalker disser “oi, tudo bem”, responda apenas um “oi” seco e não pergunte nada. Se ele (ela) questionar o que anda fazendo, responda “nada de bom”. Caso a pessoa seja muito obstinada e comece a falar de si sem parar, escreva que não tem tempo para conversar e diga “tchau” sem chance de resposta. 
Ponto negativo: você pode fazer a pessoa se sentir mal, o que não é muito legal, né? Sem contar que você pode ficar com a fama de idiota. Será que vale a pena? 
Mate as esperançasA ordem é curta a vida por ai. Apareça cada dia com alguém diferente na frente da pessoa, seja um novo ficante ou amigos divertidos. Comece a curtir e comentar tudo o que seus amigos – principalmente os solteiros – publicarem. A pessoa vai ficar com a impressão de que você só está querendo festa mesmo e não vai mais incomodar. 
Ponto negativo: você corre o risco de ficar mal falado (a). Mas, quem se importa com a opinião dos outros? 
EnlouqueçaEssa é a mais legal de todas. Que tal fingir que você está maluquinho(a)? Se o grude perguntar como você vai, responda: “olha ontem tive uma crise e comecei a achar que minhas escolhas de vida não foram as melhores, mas hoje eu acordei, li um pouco de Caio Fernando Abreu, escutei Radiohead e tudo ficou um pouco melhor. E você?”.
Ponto negativo: possibilidade de ter espalhada a imagem de ser lelé da cuca, com chances de jamais ficar com mais ninguém (a não ser que a pessoa seja, também, muito doida).

http://www.terra.com.br/portal/